domingo, 19 de fevereiro de 2017

A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS SEMEADA NO MEIO DO POVO

No ultimo dia 19 de Fevereiro de 2017 nossa Paroquia realizou mais um dos ritos da Iniciação à Vida Cristã.
Agora fizemos o Rito de Compromisso e Entrega da Palavra de Deus às Crianças que se preparam para receber ainda este ano o sacramento da Eucaristia.
As celebrações foram presididas por nosso pároco Padre Siqueira, que realizou as 9h da Manhã na Matriz, momento que contemplou as comunidades Centro, Frei Higino, São Judas Tadeu e N.S. da Conceição (Bairro Piaui ). Já as 19h a celebração ocorreu no Setor Santa Marta, na comunidade Santa Marta, onde participaram as comunidade Santo Expedito, N.S. da Conceição ( Morada ) e N.S de Nazaré.
As celebrações contaram com um numero aproximado de 100 crianças ao todo, e as mesmas ainda tem um itinerário a cumprir ate chegar o momento ápice da formação, administração do Sacramento da Eucaristia.
Vejam algumas fotos.
Setor Matriz: Comunidades Matriz, Frei Higino, Conceição Piaui  e São Judas Tadeu 

Setor Marta: Comunidades Santa Marta, N.S. de Nazaré, Santo Expedito e N.S. da Conceição Morada




Fotos: Jeová 
Edições: PASCOM

sábado, 18 de fevereiro de 2017

CULTIVAR E GUARDAR A CRIAÇÃO



Convite!

A Paróquia Sagrado Coração de Jesus de Parnaíba,convida todas as Pastorais,Movimentos,Grupos e todas as comunidades em geral para o repasse da CF 2017!
Data:21/02/2017
Local: Salão Paroquial

Hora:19h
A Campanha da Fraternidade (CF) 2017 tem como tema ‘Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida’ e o lema ‘Cultivar e guardar a criação’ (Gn 2.15). Buscando alertar para o cuidado da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, a campanha terá início em todo o país no dia 1º de Março.Você é nosso convidado a participar e divulgar.


Repasse da Campanha da Fraternidade 2017

Convite!
A Paróquia Sagrado Coração de Jesus de Parnaíba,convida todas as Pastorais,Movimentos,Grupos e todas as comunidades em geral para o repasse da CF 2017!
Data:21/02/2017
Local: Salão Paroquial
Hora:19h
A Campanha da Fraternidade (CF) 2017 tem como tema ‘Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida’ e o lema ‘Cultivar e guardar a criação’ (Gn 2.15). Buscando alertar para o cuidado da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, a campanha terá início em todo o país no dia 1º de Março.Você é nosso convidado a participar e divulgar.


sábado, 11 de fevereiro de 2017

Curso de Pintura

Curso de Pintura ministrado na Comunidade de Santo Expedito,uma realização da Pastoral da Caridade da Paróquia Sagrado Coração de Jesus-PHB.











segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

CATEQUESE EM FORMAÇÃO

MODULO I DE FORMAÇÃO

"Felipe correu, ouviu o eunuco ler o profeta Isaias e perguntou: Tu compreendes o que estas lendo? O eunuco respondeu: 'Como poderia, se ninguém me orienta'. Então convida Filipe a subir e a sentar-se junto dele ( At 8, 30-31)


MÓDULO I DE FORMAÇÃO PARA CATEQUISTAS
        A catequese vem recebendo da Igreja do Brasil uma crescente valorização.Comprovam-nos os documentos, cursos e encontros formativos e celebrações. 
Entre estes esta os Módulos de Formação para Catequistas de nossa Paroquia. Fim de melhor estudar e preparar os nossos catequistas, estamos nos empenhando de maneira integral na formação primordial e urgente dos mesmos. 
Com uma proposta que não é tão nova assim. 
    A Iniciação a Vida Cristã vem tomando grandes proporções, e ganhando muitos adeptos, se assim posso dizer, e acima de tudo, enchendo de esperança e vitalidade a todos nós, que, a tempos sonhava com uma catequese renovada e que desse abertura para contemplar a todos, sem distinção.
   Com o Concílio Ecumênico Vaticano II, a Igreja renovou-se significativamente, animada, entre outas coisas pelos planos pastorais, diretrizes e documentos. A catequese pode assim tomar novos rumos à luz de uma eclesiologia e cristologia mais voltada para a situação difícil vivida pelo povo.
       Nasce então, um novo modelo de catequese, que visando assim encarnar melhor a doutrina da igreja, acentuava também a dimensão situacional da comunidade. A opção preferencial pelos pobres, fez a Catequese rever suas metodologias e, sobretudo seus conteúdos. 
        Dentre algumas das caracteristicas da Catequese Renovada com inspiração Catecumenal, pode-se destacar as seguintes: 
A catequese como processo de Iniciação à Vida de Fé -  Caracterizada pelo deslocamento de uma catequese simplesmente doutrinal para um modelo mais experiencial. 
MODULO I DE FORMAÇÃO PARA CATEQUISTAS 
A Iniciação à Vida de Fé em Comunidade - Conforme a pedagogia de Deus, Ele se revela dia-a-dia da Comunidade, a catequese é concebida com uma Iniciação à fé em sua dimensão pessoal e comunitária. 
        O desafio da igreja é a Evangelização do Mundo, a catequese, como ferramenta ordinária e primordial desta evangelização, precisa a todo momento estar em atividade, sobretudo formativa, para que cresça esta grande paixão pela evangelização.
        Por isso deixo aqui o convite a você que deseje fazer parte desta grande família que é a catequese do Sagrado Coração de Jesus, entre em contato conosco, e venha Ser Catequista, e mude a vida de muitas pessoas ao seu redor através da palava de Deus e do seu Exemplo. 


A todos, A paz de Jesus e o Amor de Maria!
Salve Maria Imaculada! 


Francisco de Assis Miranda de Araujo 
COMIVC-PSCJ/Vice-Coordenador do CPP

TEXTO: Adaptações do Diretório Nacional de Catequese
FOTOS: Jeova Jose/PASCOM - PSCJ
 

domingo, 15 de janeiro de 2017

CF 2017


“Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”


cartaz_campanha_da_fraternidade_2017A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou o texto-base da Campanha da Fraternidade (CF) de 2017. Com o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2.15), a iniciativa alerta para o cuidado da criação, de modo especial dos biomas brasileiros.
Segundo o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, a proposta é dar ênfase a diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles habitam, especialmente à luz do Evangelho. Para ele, a depredação dos biomas é a manifestação da crise ecológica que pede uma profunda conversão interior. “Ao meditarmos e rezarmos os biomas e as pessoas que neles vivem sejamos conduzidos à vida nova”, afirma.
Ainda de acordo com o bispo, a Campanha deseja, antes de tudo, que o cristão seja um cultivador e guardador da obra criada. “Cultivar e guardar nasce da admiração! A beleza que toma o coração faz com que nos inclinemos com reverência diante da criação. A campanha deseja, antes de tudo, levar à admiração, para que todo o cristão seja um cultivador e guardador da obra criada. Tocados pela magnanimidade e bondade dos biomas, seremos conduzidos à conversão, isto é, cultivar e a guardar”, salienta.
Além de abordar a realidade dos biomas brasileiros e as pessoas que neles moram, a Campanha deseja despertar as famílias, comunidades e pessoas de boa vontade para o cuidado e o cultivo da Casa Comum. Para ajudar nas reflexões sobre a temática são propostos subsídios, sendo o texto-base o principal.
Dividido em quatro capítulos, a partir do método ver, julgar e agir, o texto-base faz uma abordagem dos biomas existentes, suas características e contribuições eclesiais. Também traz reflexões sobre os biomas e os povos originários, sob a perspectiva de São João Paulo II, Bento XVI e o papa Francisco. Ao final, são apresentados os objetivos permanentes da Campanha, os temas anteriores e os gestos concretos previstos durante a Campanha 2017. 

Cartaz 

Para colocar em evidência a beleza natural do país, identificando os seis biomas brasileiros, o Cartaz da CF 2017 mostra o mapa do Brasil, em imagens características de cada região. Compõem também o cenário, como personagens principais, os povos originários; os pescadores e o encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, acontecido há 299 anos. Além da riqueza dos biomas, o cartaz quer expressar o alerta para os perigos da devastação em curso, além de despertar a atenção de toda a população para a criação de Deus.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

COMO REZAR A PALAVRA DE DEUS


LECTIO DIVINA


Explicação

A leitura orante da Bíblia, ou LECTIO DIVINA, é um alimento necessário para a nossa vida espiritual. A partir desta oração, conscientes do plano de Deus e sua vontade, podemos produzir os frutos espirituais em nossa vida. 
A LECTIO DIVINA é deixar-se envolver pelo plano amoroso e libertador de Deus. Santa Teresinha do Menino Jesus dizia, em seu período de aridez espiritual, que quando os livros espirituais não lhe diziam mais nada, ela buscava no Evangelho o alimento da sua alma.

Como fazer a LECTIO DIVINA?

A LECTIO DIVINA tradicionalmente é uma oração individual, porém, podemos fazê-la em grupos. O importante é rezar com a Palavra de Deus lembrando o que dizem os bispos católicos no Concílio Vaticano II, relembrando a mais antiga tradição católica, que conhecer a Sagrada Escritura é conhecer o próprio Cristo. Os monges diziam que a LECTIO DIVINA é a escada espiritual dos monges, mas é também a de todo cristão!

Quais os passos da LECTIO DIVINA?

1) Oração inicial: Comece invocando o Espírito Santo, que nos faz conhecer e querer fazer a vontade de Deus. Reze, por exemplo, com a seguinte oração:
«Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. - Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado; e renovareis a face da terra. Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com as luzes do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo Senhor nosso. Amém.»
2) Leitura da Palavra de Deus: Leia, com calma e atenção, um pequeno trecho da Bíblia (aconselhamos que nas primeiras vezes utilize-se os textos dos Evangelhos, por serem mais familiares a todos). Se for preciso, leia o texto quantas vezes forem necessárias.
Procure identificar as coisas importantes deste trecho da Bíblia: o ambiente, os personagens, os diálogos, as imagens usadas, as ações. Você conhece algum outro trecho que seja parecido com este que leu? É importante que você identifique tudo isto com calma e atenção, como se estivesse vendo a cena. É um momento para conhecer e reconhecer a Boa Notícia que este trecho nos traz!
3) Meditar a Palavra de Deus: É o momento de descobrir os valores e as mensagens espirituais da Palavra de Deus: é hora de saborear a Palavra de Deus e não apenas estudá-la. Você, diante de Deus, deve confrontar este trecho com a sua vida. Feche os olhos, isto pode ajudar. É preciso concentrar-se!
4) Rezar a Palavra de Deus: Toda boa meditação desemboca naturalmente na oração. É o momento de responder a Deus após havê-lo escutado. Esta oração é um momento muito pessoal que diz respeito apenas à pessoa e Deus. É um diálogo pessoal! Não se preocupe em preparar palavras, fale o que vai no coração depois da meditação: se for louvor, louve; se for pedido de perdão, peça perdão; se for necessidade de maior clareza, peça a luz divina; se for cansaço e aridez, peça os dons da fé e esperança. Enfim, os momentos anteriores, se feitos com atenção e vontade, determinarão esta oração da qual nasce o compromisso de estar com Deus e fazer a sua vontade.
5) Contemplar a Palavra: Desta etapa a pessoa não é dona. É um momento que pertence a Deus e sua presença misteriosa, sim, mas sempre presença. É um momento no qual se permanece em silêncio diante de Deus. Se ele o conduzirá à contemplação, louvado seja Deus! Se ele lhe dará apenas a tranqüilidade de uns momentos de paz e silêncio, louvado seja Deus! Se para você será um momento de esforço para ficar na presença de Deus, louvado seja Deus!
6) Conservar a Palavra de Deus na vida: Leve a Palavra de Deus e o fruto desta oração para a sua vida. Produza os frutos da Palavra de Deus semeada no seu coração, frutos como: paz, sorriso, decisão, caridade, bondade, etc... Não se preocupe se alguma coisa não for bem, um dos frutos da Palavra de Deus é a noção do erro e a conversão pela sua misericórdia. O importante é que a semente da Palavra de Deus produza frutos, se 30, 60 ou 100 por um... o importante é que produza, e que o Povo de Deus possa ser alimentado pelos testemunhos de fé, esperança e amor na vivência de um cristianismo sincero.
Termine com a oração do Pai Nosso, consciente de querer viver a mensagem do Reino de Deus e fazer a sua vontade.

Por: Frei Antonio Silvio

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

A TODOS, UM FELIZ MariAno

2017- MariAno 

                Na imagem de Nossa Senhora Aparecida “há algo de perene para se aprender”. 
“Deus ofereceu ao Brasil a sua própria Mãe” (Papa Francisco). No dia 12 de outubro de 2016, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) declarou aberto o Ano Jubilar Mariano celebrando os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no Rio Paraíba do Sul.            Esse ano nos servira para refletir sobre o papel de Maria na humanidade além de fazer memória e agradecer por sua proteção maternal que nos apresenta seu filho misericordioso e nos pede pra fazer tudo o que Ele nos disser (cf. Jo 2,5). 
              Muitas das vezes, a nossa juventude se entrega a uma vida sem sentido, e buscam referencial que não os ajudam a viver como pessoas livres e amadas que são por Deus. Maria ainda jovem deu o seu sim ao projeto de Deus em sua vida mesmo sem saber das consequências quando disse ao anjo "Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segunda a vossa palavra" (Cf. Lc. 1,38).
            Durante esse Ano Mariano, estaremos celebrando também os 100 anos de devoção a N. Sra. do Rosário de Fátima.
            Peçamos a jovem de Nazaré, que rogue pela nossa juventude e em especial pela a do nosso país. Para que a cada dia diga SIM ao projeto de Deus. 

Um feliz 2017 – MariAno a todos!!



TEXTO E ADAPTAÇÕES: Lucas santos Grupo JUFAC-PJ
ARTE: PASCOM - PSCJ

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Encontro do Clero Zonal Norte


A Paróquia do Sagrado Coração de Jesus acolheu com alegria os padres do Zonal Norte, no dia 7 de Outubro, para nosso encontro de confraternização, oração e partilha. O tema foi a missão. Estavam presentes o Pe. Oscar, Pe. João Maria, Pe. Eduardo, Pe. Marcos, Pe Soares, Pe. Vitório, Pe. Marcelino, Pe. Brasilino, Pe. Roberto e Pe. Siqueira. O Encontro se propõe a renovar os laços de amizade e fraternidade sacerdotal. Foi uma manhã de graças e bênçãos para todos nós, embora nem todos estivessem presentes, mas valeu apena. Ao final o Apostolado da Oração e a Pastoral do Dizimo nos brindou com um delicioso almoço na casa do Clero. E já marcamos o próximo encontro para o dia 4 de Novembro na casa do clero  na Praia do Coqueiro com o apoio do Pe. Marcelino. Agradeço aos membros do Apostolado da Oração pelo almoço. O Sagrado Coração de Jesus as abençoe e cumule de bênção, saúde e paz.

                                                                                               Fraternalmente, Pe. Siqueira.